quinta-feira, dezembro 22, 2005

Ela (ou Em Copo d'Água)

Tentava dormir. Relembrava o dia como se fosse uma canção de ninar. Como acontecera algumas vezes, Ela parou em um momento e o reprisava mentalmente, como quem procura os sete arros. Como acontecera algumas vezes, os erros pareciam ir muito além de sete. Como acontecera algumas vezes, ela começou a chorar. A cena: mesa do café, Ela, pai, madrasta, seu pequeno irmão e a babá do mesmo.

Como era difícil fazer-se ouvir!, aproveitou o momento de silêncio para dividir. "Hoje estava olhando as matérias do curso de Comunicaçaõ Social da USP, elas parecem tão legais e..." fora interrompida pelo silêncio. Seu pai encarando o nada, a madrasta fitando-a fuzilante brevemente, a babá tentando entreter o pequeno que se recusava a comer, a madrasta desviando o olhar pra fazer a ele uma graça e o pai encarando o nada. Eles voltaram a conversar entre si, ficando Ela agora sós com sua própria voz ecoando torturante na sua cabeça. O pai percebia sua voz em alguns assuntos médicos e dificuldades na escola, parecia surdo para todo o resto. Sua madrasta parecia não ouvir nunca, mas quando ouvia era como se a voz d'Ela fosse apenas um guincho incômodo.

Lembrava disso, da agonia talvez desnecessária, e o choro tornava a sua respiração difícil. Sentou-se na cama abraçada ao travesseiro e fitou a penumbra incolor do seu quarto, e logo depois fixou seu olhar em uma feixe de luz que desbravava as costinas da janela.

Perceber que a cena era o enésimo remake de recorrentes adaptações de um roteiro original que ela queria rasgar com os dentes, jogar para o alto e queimar depois, como em um ritual macabro de quem procura liberdade. Sim, agora estava claro: amava seus amigos, seus amores, seu amor, mais que tudo. Entretanto, não é possível ter um lar quando se é anônima nele. Não é póssível viver sem um lar, não mais. Não é possível ficar. E era por isso que Ela partiria em breve.

Ainda encarando o feixe de luz, os olhos molhados e os lábios quentes, Ela sorriu. A cena era simples. Conseguir entender a fazia feliz.

Ligou o abajour e em seu caderninho esquecido, na página ao lado da lista de prós e contras do moço da memória, escreveu com sua voracidade habitual:
"Tentava dormir. Relembrava o dia como se fosse uma canção de ninar. Como acontecera..."

15 comentários:

Douglas disse...

Bom que vc estah de volta... seja bem vinda... aqui eh lah...

Os blogs sao meio auto biografias em tempo real...
Bjim;
(vc deve aprender ingles!!!)

Livinha disse...

ow, lindooo seu texto.

pensa assim: melhor poder ter onde ir que não poder ter nada disso. malhor ser anônima numa casa tendo outra para onde fugir que não poder nem ir chorar no seu quarto.

;o)

vou sentir sua faltaaaaaaaaa! como foi o fim da noite lá?

César Lacerda disse...

nada demais faria do suspiro um momento a mais.
instante sagrado

renato disse...

o dia nunca eh uma canção de ninar!

Galvaum disse...

Noh...vc conseguiu transformar um aparente momento de frustração e tristeza em um texto mto foda. Não fica assim, só porque sua família não te escuta, não significa que não se importa com vc...e família aca sendo um negócio mmmmttto complicado msm, no fim das contas...qualquer uma hehe
Bjos!

Abud disse...

Cena familiar essa.......

Aluska disse...

Lu... O quarto tá de decoração nova. Tu viu? Vai lá. Tô esperando viu?? Tô com saudade.

tiago disse...

nossa, esse final me lembrou um trecho do livro maçã no escuro, da clarice. fudidíssimo, como tudo aqui. beijo.

deborah disse...

oh!!! só isso: ohhh!!

bonecadepano disse...

lembra bons livros.

abraços.

Buh Sobreira disse...

Que isso MUITO bom esse texto....
***PERFEITO***
Ficou MTO foda mesmoooo!!!!!!!!
+++pelo menos se te para onde ir...
bjusssss

****pode ter certeza de uma coisa... TODOS OS AMIGOS MORRERAM DE SAUDADE DELA!!!!!!!!!!!!!!
bjussssssssss

lewisdean78785451 disse...

Do you want free porn? Contact my AIM SN 'p1nkn3ss' just say 'give me some pics now!'.

No age verification required, totally free! Just send an instant message to AIM screen name "p1nkn3ss".

Any message you send is fine!

AIM abuse can be reported here.

Cidadão Cão disse...

Legal o seu blog.

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,