terça-feira, agosto 23, 2005

Sobre os amores

Não sei o que pensar sobre o amor. Não sei o que pensar sobre os amores que tive. Não sei o que pensar sobre o amor que tenho. Ou os que terei. Dizem que amor não é pra pensar, é pra sentir, mas eu não consigo evitar de fazer o que me é impróprio.
Não posso mais sentir o passado, racionalizarei-o então: o que eles significaram para mim? No momento meu olhar era terno (penso, às vezes, que terno como o de uma mãe - mas não foram eles meus filhos... Só se filhos forem ilusões). Eram tantas as idealizações e, paralelamente, tantas as decepções, e no saldo final é como se positivo com negativo desse zero. E eles fossem insignificantes. Ou nem existissem.
O presente é vívido, posso tocá-lo e senti-lo tão profundamente que dói. Tão profundamente que estremeço, e às vezes até esqueço. Sobre ele tenho um olhar apaixonado, pois nele sou amante e, quem sabe, amada. É como uma inundação na psiquê, fresca e agoniante, por ora sufocante, mas que não deixa de ser um banho frio em uma noite enluarada e quente de verão. Não consigo, agora, perceber o trilha paralela das idealizações, e tenho medo de percebê-la futuramente (como conseguiria lidar com a possibilidade de o saldo final ser novamente zero? Que o que é, nesse momento, tudo, um dia seja nada?).
No futuro a trilha das idealizações anula a realidade. E tudo é perfeito, como eu sempre sonhei, com príncipes encantados me acariciando com tanto respeito e amor que eu transbordo. De alegria. De emoção. De enjôo. Mas transbordo e alcanço a tão sonhada utopia. Me sinto bem às vezes por não conseguir nunca alcançar o futuro (porque, depois dos despojos do enjôo, o saldo também haveria de ser negativo).

Lições do dia: carinho com o passado, apreço pelo presente, realismo no futuro.

Só falta decorar.

7 comentários:

Ivan disse...

eu te (a) amo!

ps. tb não sei o q pensar sobre o amor...
talvez o q sentir...

Livinha disse...

gostei da ladainha criada por ti... posso decorar tb????

renato disse...

não decore nada... amor não é ciência exata pra se ter uma fórmula, nem biológica para ter verdades absolutas, muito menos ciência humana... deixar o ego de lado e se entregar de corpo e alma a alguém vai contra os princípios básicos do ser humano... acho que amor é simplesmente amor, e não é filme...

Demétre disse...

Como eu gosto de dizer: o amor é cego, surdo, burro, pobre, anda à pé e mora longe! O amor é uma droga q começa com o torpor da paixão, vicia com a relação e qdo termina, vem a depressão.

....

Was ist? Que nome de blog? Ñ entendi!õ.O

Diane disse...

cara, vc me surpreende. Gosto de vir aqui porque às vezes penso que vc não escreve só pra vc, mas escreve pra mim. Em algum momento, o que pode ser em todo o instante, td o que vc diz é meu. Lidamos com os mesmos sentimentos... mas nao sei, vc... porém sempre pensei que não existe coisa pre-definida do amor, o amor é e não é... coisa estranha, mas a melhor do mundo. Adorei sua "lição do dia". Bai virar filosofia de vida, eheheh... Beijão!

freefun0616 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,